[Dica de Estudo] Explique o texto para você mesmo

13_01Explique-texto (1)

Ao explicar o texto para você mesmo, consegue absorver e guardar a informação passada com maior facilidade. Esta técnica é mais efetiva se utilizada durante o aprendizado, e não após o estudo.


Twitter-icon Siga-nos no twitter, novidades e promoções exclusivas: @mapasequestoes
logo-ico-mini Cadastre-se no site www.mapasequestoes.com.br e ganhe um ebook de mapas mentais de Direito Constitucional - Artigo 5º - Direitos Fundamentais

Um passo de cada vez

12_01passo-cada-vez (1)

Vamos enfrentá-lo, uma das principais razões que os alunos não estão muito entusiasmados com o estudo é o fato de que prolongamos o estudo por muito tempo. Como resultado, não conseguimos compreender os conteúdos, o que nos obriga a nos tornarmos auto tutores que têm que ensinar a si mesmo tudo o que foi perdido. No final, esse se torna um método demorado de se estudar, é um resultado direto do prolongamento. A alternativa é manter-se em contato constante com suas disciplinas de estudo diariamente. Isto – tudo que quis dizer – não sugere que você terá que estudar por horas cada dia. Em vez disso, significa que você continua um passo de cada vez, o que lhe permite compreender conteúdos subsequentes e ficar à frente com suas tarefas. Se você leva 10 minutos por dia para organizar e rever o conteúdo que você aprendeu no dia de hoje, isso é bom! Dessa forma, você vai entender o que está sendo discutido, assim você pode evitar a acumulação de lacunas no conhecimento.

No início do seu prazo, você poderia anotar os objetivos específicos que você pretende realizar. Considere esta ser a sua carta de motivação para a próxima prova. Sempre que você sente uma falta de motivação, ou desinteresse em estudar, agarre esta carta e tranquilize-se do propósito do por que você está estudando. Perceba que você tem uma oportunidade; Você é jovem e tem o privilégio de estudar, então você também pode fazer o melhor dele, trabalhando e estudando duro e fazendo o melhor que puder para obter o resultado de sua escolha. Caso contrário, você pode se arrepender em um momento futuro.

 

Fonte: http://www.a-listinternational.com/motivation-monday-how-to-get-motivated-to-study/


Twitter-icon Siga-nos no twitter, novidades e promoções exclusivas: @mapasequestoes
logo-ico-mini Cadastre-se no site www.mapasequestoes.com.br e ganhe um ebook de mapas mentais de Direito Constitucional - Artigo 5º - Direitos Fundamentais

[Questão] Segurança da Informação – Criptografia Assimétrica

[FCC/2015  SEFAZ-PI: Auditor Fiscal da Fazenda Estadual] Em determinada instituição, João envia uma mensagem criptografada para Antônio, utilizando criptografia assimétrica. Para codificar o texto da mensagem, João usa

a) a chave privada de Antônio. Para Antônio decodificar a mensagem que recebeu de João, ele terá que usar sua chave privada. Cada um conhece apenas sua própria chave privada.

b) a chave pública de Antônio. Para Antônio decodificar a mensagem que recebeu de João, ele terá que usar a chave privada, relacionada à chave pública usada no processo por João. Somente Antônio conhece a chave privada.

c) a chave pública de Antônio. Para Antônio decodificar a mensagem que recebeu de João, ele terá que usar a chave privada, relacionada à chave pública usada no processo por João. Ambos conhecem a chave privada.

d) a chave privada de Antônio. Para Antônio decodificar a mensagem que recebeu de João, ele terá que usar a chave pública, relacionada à chave privada usada no processo por João. Ambos conhecem a chave privada.

 e) sua chave privada. Para Antônio decodificar a mensagem que recebeu de João, ele terá que usar sua chave pública. Somente João conhece a chave privada.


Se é criptografia aSSimétrica, teremos então duas chaves, uma pública e outra privadas, ambas do destinatário.

A: Remetente

B: Destinatário

A quer enviar uma mensagem criptografada para B.

1º: Para codificação, A usa a chave pública de B

2º: Para Decodificar, B usa sua chave privada correspondente.

Mapa mental do ebook TI Segurança - Criptografias e Backups
Segurança da Informação - Criptografia Assimétrica

Segurança da Informação – Criptografia Assimétrica (clique na imagem para ampliar)

 

 

 


Twitter-icon Siga-nos no twitter, novidades e promoções exclusivas: @mapasequestoes
logo-ico-mini Cadastre-se no site www.mapasequestoes.com.br e ganhe um ebook de mapas mentais de Direito Constitucional - Artigo 5º - Direitos Fundamentais

Nova modalidade de Improbidade Administrativa -LC 157/2016

No apagar das luzes de 2016 foi publicada a Lei Complementar 157 ampliando a lista da Lei Completar 116 dos serviços sujeitos a ISS.

Além disso, foi incluído uma nova modalidade de Improbidade Administrativa:

Seção II-A
(Incluído pela Lei Complementar nº 157, de 2016)

Dos Atos de Improbidade Administrativa Decorrentes de Concessão ou Aplicação Indevida de Benefício Financeiro ou Tributário

Art. 10-A.  Constitui ato de improbidade administrativa qualquer ação ou omissão para conceder, aplicar ou manter benefício financeiro ou tributário contrário ao que dispõem o caput e o § 1º do art. 8º-A da Lei Complementar nº 116, de 31 de julho de 2003.

Nosso ebook de Direito Administrativo – Improbidade Administrativa já está atualizado.

Modalidades de Improbidade Administrativa - LC 157

Modalidades de Improbidade Administrativa – LC 157

Foram também atualizados os mapas mentais impactados pela alteração:

14. Penas
19. Processo Judicial [1]

Se já tem esse ebook, acesse sua conta no www.mapasequestoes.com.br e baixe versão atualizada.

Caso ainda não tenha, pode adquirir aqui. São 22 mapas mentais sobre a lei 8.429.


Twitter-icon Siga-nos no twitter, novidades e promoções exclusivas: @mapasequestoes
logo-ico-mini Cadastre-se no site www.mapasequestoes.com.br e ganhe um ebook de mapas mentais de Direito Constitucional - Artigo 5º - Direitos Fundamentais

[Dica de estudo] GRATIFICAÇÃO: RECOMPENSA-SE!

10_01dica-gratidao

Pessoalmente, eu não considero o ato de recompensar a si mesmo – uma vez que uma meta é realizada – como uma técnica de motivação para os alunos. No entanto, o efeito positivo que uma gratificação pode ter em sua motivação para estudar é estupenda. Mas, se você sente o desejo de se tornar motivado para estudar, definir-se um objetivo e determinar uma recompensa adequada uma vez que o objetivo é realizado. É realmente tão simples, e bastante eficaz.

Ao recompensar a si mesmo, sempre que uma meta é alcançada, seu cérebro provoca emoções positivas, levando à realização de que um esforço resulta em uma recompensa positiva. Além disso, você – conscientemente ou subconscientemente – reconhecerá que um grande esforço resultará em uma gratificação ainda mais positiva. De acordo com a fórmula {alto esforço + realização do objetivo = gratificação} você começa a ligar o trabalho duro com uma gratificação. Basicamente, você vai associar os próximos desafios (e os esforços necessários para alcançar um objetivo) com  uma outra chance de ser recompensado (emoções positivas). Daí você aumenta sua motivação para estudar o que lhe permite manter a sua motivação em um nível elevado, até que o objetivo seja alcançado.  Além disso, a sua vontade de fazer uma tarefa (por exemplo, estudar), a fim de realizar o objetivo (por exemplo, uma aprovação no concurso) vai aumentar, tendo uma recompensa em mente que você tem a motivação por um longo tempo.

Por favor, tenha em mente que este método só pode aumentar a sua motivação para estudar, desde que você aplique a regra simples: {exigente no objetivo = glorioso na recompensa} e {simples meta = pequena recompensa}. Além disso, é fundamental que você NÃO se recompense caso você falhe. Se você não foi capaz de atingir o objetivo como determinado você não receberá uma recompensa. Além disso, a recompensa deve ser recebida uma vez que o objetivo é alcançado, não em qualquer momento anterior a este.

 

Dica importante para se recompensar e se tornar motivado para estudar:

# 1 Definir um objetivo e determinar uma recompensa adequada para a sua realização;

# 2 Associar os esforços que você toma com uma recompensa positiva;

# 3 Desafios ambiciosos exigem recompensas extraordinárias;

# 4 Objetivos básicos devem ser recompensados apenas ligeiramente;

# 5 Não se permita receber uma recompensa se você falhar;

# 6 Recompense você mesmo depois de alcançar a meta.

 

Fonte:  http://www.a-listinternational.com/motivation-monday-how-to-get-motivated-to-study


Twitter-icon Siga-nos no twitter, novidades e promoções exclusivas: @mapasequestoes
logo-ico-mini Cadastre-se no site www.mapasequestoes.com.br e ganhe um ebook de mapas mentais de Direito Constitucional - Artigo 5º - Direitos Fundamentais

[Dica de Estudo] Vamos entender que estudar não é o mesmo que fazer a questões.

08_01entender-que-studar

Os alunos acreditam que estudar e fazer lição de casa são a mesma coisa. No entanto, eles devem ser abordados como duas tarefas distintas. Os trabalhos de casa consistem geralmente nas atribuições que os instrutores atribuem para ser terminado em casa pelos estudantes. O propósito geral das atividades de casa é reforçar o conhecimento que você aprende na aula. Estas atribuições permitem a prática extra, de modo que você pode refinar suas habilidades e conhecimentos em uma área particular. Estudar, por outro lado, refere-se ao tempo que gastamos sozinhos para examinar o material que aprendemos em aula. Muitos alunos estudam só para se preparar para uma prova;

No entanto, é melhor reservar um tempo regular para estudar e para ter certeza de que você entendeu todos os conceitos que você está aprendendo em aula e assim que você não fique para trás. Estudar inclui fazer flashcards, fazendo exame de notas detalhadas, fazendo esboços, e lendo. Muitos estudantes veem o estudo como uma tarefa assustadora, mas se você aproveitar métodos e ferramentas de estudo eficazes, você encontrará que estudar é menos demorado e mais útil.

Algumas dicas de estudo úteis que farão seu tempo de estudo mais produtivo:

# 1 Escolher um lugar calmo para estudar – É importante que você encontre um espaço quieto onde você pode fazer seus estudos. Encontre um lugar que não seja perturbador para você. Por exemplo, se você está facilmente distraído você não deve estudar perto de uma televisão ou em um local lotado. Em vez disso, escolha uma sala silenciosa, uma biblioteca ou uma livraria onde as pessoas estudam em vez de socializar.

# 2 Certifiquem-se de que você tem todos os materiais de estudo que você precisa – Certifique-se de que você tem todos os materiais que você precisa para estudar antes de começar. Reúna todos os livros didáticos, notas e cartões flash que você precisa para estudar. Além disso, lembre-se de não trazer coisas para estudar que você não precisa ou que podem ser distrações. Deixe o seu telefone celular para trás, ou ligar ele no silencioso e colocá-lo na mochila. Se você estiver usando um computador para estudar, não se desviar por causa das mídias sociais ou jogos. Ao trazer apenas os materiais que você precisa, será mais fácil focar no estudo.

# 3 Mantenha uma perspectiva positiva sobre o estudo – Muitos estudantes temem estudar, talvez porque eles não estão fazendo certo ou eles sentem que não é útil para o seu sucesso. Aproxime o seu tempo de estudo com uma perspectiva positiva. Mesmo se você está enfrentando um assunto desafiador, ficar positivo fará seu tempo de estudo menos oneroso e irá ajudá-lo a compreender o material. Leve todo o tempo que você precisa para aprender um tópico, e não insistir se você está tendo dificuldade com o assunto. Além disso, reserve um tempo para aprender quais os métodos de estudo mais adequados para você.

Fonte: adaptado (https://www.intelligent.com/first-understand- that-studying- is-not- the-same-as- doing-homework/)


Twitter-icon Siga-nos no twitter, novidades e promoções exclusivas: @mapasequestoes
logo-ico-mini Cadastre-se no site www.mapasequestoes.com.br e ganhe um ebook de mapas mentais de Direito Constitucional - Artigo 5º - Direitos Fundamentais

Ler livros pode acrescentar anos à sua vida. {FELIZ DIA DO LEITOR}

07_01dia-leitor

Todos sabem que os livros podem enriquecer nossas vidas, mas eles também têm benefícios para a saúde? E se assim for, a leitura de livros tem maiores vantagens para a saúde do que a leitura de jornais ou revistas? Pesquisadores da Escola de Saúde Pública da Universidade de Yale desenvolveram um estudo para tentar responder a essas perguntas.

Os pesquisadores estudaram os registros de 5.635 participantes no Estudo de Saúde e Aposentadoria, uma investigação com pessoas que tinham 50 anos ou mais e tinham fornecido informações sobre seus hábitos de leitura quando o estudo começou.  Eles determinaram que as pessoas que leem livros regularmente tinham um risco 20% menor de morrer nos próximos 12 anos, em comparação com pessoas que não eram leitores ou que leram periódicos. Esta diferença manteve-se independentemente da raça, educação, estado de saúde, riqueza, estado civil e depressão. Essas descobertas, que foram publicadas na edição de setembro de 2016 da revista Social Science & Medicine, sugerem que os benefícios da leitura de livros podem incluir uma vida mais longa para lê-los.
 
Fonte: http://www.health.harvard.edu/healthy-aging/reading- books-may- add-years-to-your-life

Twitter-icon Siga-nos no twitter, novidades e promoções exclusivas: @mapasequestoes
logo-ico-mini Cadastre-se no site www.mapasequestoes.com.br e ganhe um ebook de mapas mentais de Direito Constitucional - Artigo 5º - Direitos Fundamentais

[Questão] Direito Civil – Bens Públicos

[CESPE/2010 TRE-BA: Analista Judiciário – Área Administrativa] Acerca do direito civil, julgue os itens seguintes.

Os bens públicos podem ser classificados em bens públicos de uso comum, de uso especial e  dominicais. Todos são inalienáveis, porém os dominicais são suscetíveis de usucapião.

 

(  ) Certo     (  ) Errado


Gabarito: Errado

A classificação está correta. O erro está quanto às características de cada uma.

Os bens Dominicais são inalienáveis. Os de Uso comum do Povo e os de Uso Especial, também também podem, desde que seja desafetados, ou seja, percam sua qualificação.

Mapa mental do ebook Direito Civil - Bens
Bens Públicos

Bens Públicos

 

 


Twitter-icon Siga-nos no twitter, novidades e promoções exclusivas: @mapasequestoes
logo-ico-mini Cadastre-se no site www.mapasequestoes.com.br e ganhe um ebook de mapas mentais de Direito Constitucional - Artigo 5º - Direitos Fundamentais

[Dica de estudo] Gerencie seu tempo.

05_01dica-gerencie-tempo

Tempo, você precisa saber o que é que você deve gerenciar. Uma lista de tarefas, do supérfluo para o mais importante, irá ajudá-lo a lidar com o que precisa ser trabalhado. Faça uma programação semanal para dedicar certa quantidade de tempo por dia para estudar. Isso também irá melhorar seu desempenho. Essa quantidade irá variar dependendo do objetivo de seu estudo, e também varia de acordo com o campo de estudo. Certifique-se de manter o seu horário, tanto quanto possível, mas não tenha medo de sair do plano às vezes para estudar mais para prova mais recente. Certifique-se de que este plano de estudo é realista e não impossível. Não se esqueça de agendar tudo, horário de comer, vestir e etc.

  •  Você precisa equilibrar o estudo, o trabalho e as atividades extracurriculares. Se você está realmente lutando com suas tarefas, você pode querer desistir do trabalho após a escola ou uma atividade extra-curricular até que suas notas subam. Você precisa priorizar seu tempo. Lembre-se: seus estudos é a coisa mais importante.
  • Para estudar para concurso, você deve basear as horas que você estuda por disciplina de acordo com o quão difícil ela é, e assim quantas horas valem a pena dedicar a ela.

Fonte:  http://www.wikihow.com/Manage-Your- Time


Twitter-icon Siga-nos no twitter, novidades e promoções exclusivas: @mapasequestoes
logo-ico-mini Cadastre-se no site www.mapasequestoes.com.br e ganhe um ebook de mapas mentais de Direito Constitucional - Artigo 5º - Direitos Fundamentais

[Questão] Direitos Sociais – Prescrição e decadência no Direito do Trabalho

[FCC/2015 TRE-AP: Analista Judiciário – Judiciária] Beth foi admitida em março de 2001 para exercer a função de costureira em uma empresa que fabrica bolsas. Em março de 2009, Beth foi surpreendida com uma dispensa sem justa causa. Beth ficou tão surpresa com a dispensa que não conferiu o pagamento das verbas rescisórias. Em julho de 2015, ao conversar com um advogado, Beth verificou que referidas verbas não haviam sido pagas integralmente. Diante dessa situação, Beth, em face da empresa.

a) não pode mais promover ação trabalhista, pois o limite para sua propositura é de até dois anos após a extinção do contrato de trabalho.

b) não pode mais promover ação trabalhista, pois o direito de ação precluiu em decorrência de não ter sido efetuada a conferência no momento da homologação realizada pelo sindicato da sua categoria ou pelo Ministério do Trabalho e Emprego

c) pode promover ação trabalhista, porém a reclamação deverá ser feita apenas no que pertine aos últimos cinco anos trabalhados, já que esse é o prazo prescricional da ação quanto aos créditos resultantes das relações de trabalho.

d) pode promover ação trabalhista a qualquer tempo, pois o direito ao trabalho é um direito fundamental e, portanto, imprescritível.

e) pode promover ação trabalhista, pois tem direito adquirido, uma vez que trabalhou no local por mais de 5 anos, porém somente pode reclamar os créditos resultantes das relações de trabalho referentes aos dois últimos anos trabalhados, já que esse é o prazo prescricional desse tipo de ação.


Gabarito: A

Letra de lei da Constituição:

CF Art. 7 XXIX – ação, quanto aos créditos resultantes das relações de trabalho, com prazo prescricional de cinco anos para os trabalhadores urbanos e rurais, até o limite de dois anos após a extinção do contrato de trabalho;

Os trabalhadores podem questionar até 5 anos de créditos trabalhistas, mas devem fazê-lo até 2 anos após o fim do contrato de trabalho.

Mapa mental do ebook Princ. Fundamentais – Clausulas Pétreas – Dir. Sociais

Direitos Sociais - Direitos do Empregado

Direitos Sociais – Direitos do Empregado


Twitter-icon Siga-nos no twitter, novidades e promoções exclusivas: @mapasequestoes
logo-ico-mini Cadastre-se no site www.mapasequestoes.com.br e ganhe um ebook de mapas mentais de Direito Constitucional - Artigo 5º - Direitos Fundamentais